www.trexpets.com.br   Produtos destinados a Herpetofauna.

                          www.zoopets.com.br
 
Informações e cuidados básicos.

 Pogona Vitticeps

 

Terrário

Apesar de muito menor que outros lagartos considerados "gigantes" como por exemplo, a iguana verde, este lagarto é também assim considerado e por isso dever-se-á disponibilizar um terreiro grande com as dimensões de 150x60x70cm para um macho e duas fêmeas. Sendo muito territoriais e comendo prontamente outros animais mais pequenos que eles é necessário evitar um superpovoamento, salvaguardando actos de canibalismo (amputação de membros) e outras agressões geradoras de stress nos indivíduos menores e mais débeis que por consequência não raro deixam de se alimentar, morrendo.

O terreiro, devendo ter espaço suficiente para manter um gradiente termal, tanto horizontal como vertical dado que o Dragão de barba gosta de escalar, por isso mesmo incluirá como decoração ramos e galhos (firmes) além de pedras, esconderijos (colocar pelo menos um no ponto mais frio) e plantas carnudas (sem espinhos) artificiais ou naturais (apenas são permitidas espécies não-tóxicas, consultar listas).

Com abertura por cima (tampa com aro de madeira coberta de rede), evitando-se assim a fuga dos grilos, deverá possibilitar a montagem das lâmpadas de ultravioleta (UVB) e de aquecimento (sem esquecer o respectivo termostato).



Umidade

Cerca de 50-70%

Pulverizar água macia de vez em quando especialmente sempre que o animal efectue uma muda de pele é benéfico, mas o ambiente geral do terreiro não deverá nunca acusar humidade. Um banho semanal com água morna será igualmente bem-vindo.

Água numa tigela baixa deve ser diariamente colocada á disposição. Aos bebés, porque correm risco de se afogarem (mesmo em pouco volume de água), deve ser ministrado um ligeiro spray de água 2-4 vezes por dia.

Iluminação/Foto-período

Existência de lâmpadas emissoras de UVB dentro do terrário ligadas para um dia de 14 hrs.

Durante o descanso invernal o dia terá apenas 10 hrs.

Aquecimento

Um gradiente termal deve ser estabelecido no interior.

De dia:

O lado mais frio terá 24º C e o mais quente 30º C, usando lâmpada de iluminação de foco ligada a um termostato de ambiente. O ponto de aquecimento (onde o animal se aquece debaixo da lâmpada) terá uma temperatura que oscilará entre os 32 e os 38º C.

De noite:

21ºC, usando lâmpada nocturna ligada a um termostato de ambiente.

Obrigatório o uso de três termómetros para leitura das temperaturas: um no lado mais frio, outro no lado mais quente e o outro no ponto de aquecimento.

Durante o descanso invernal: De dia, criar um gradiente termal de 17º a 26ºC. À noite, regular a temperatura para 15º C.

Substrato

Adultos: Areia (5cm). Decore com troncos e pedras para escalar e não esqueça de providenciar locais de esconderijo (por exemplo, uma caixa com abertura para entrada).

Juvenis e recém-nascidos: substratos não particuláveis ( folhas/toalhas de papel; tecidos grossos laváveis ou carpete plástica de exterior). Inclua uma caixa para ser usada como esconderijo também.

Fazendo jus a um sistema metabólico muito activo, o Dragão de barba proporcionar-lhe-á diariamente várias ocasiões, que de certo porão á prova o seu grau de empenhamento no que respeita á limpeza obrigatória do habitáculo...

Nos substratos de areia as fezes poderão ser colhidas para fora, o que não impede deste ser regularmente mudado por inteiro e o tanque todo lavado e desinfectado.


 

 

 

 

 

 

 

 

Montando o seu terrário passo a passo:

 

O Terrário - Parte 1: Tamanho

TAMANHO

O primeiro aspecto a ser considerado para um terrário/lar para seu Pogona é o tamanho. Enquanto um terrário “grande” (76 litros – 76.2cm x 30.5cm x 25.4cm) vai oferecer amplo espaço para um Pogona bebê viver, mas você precisa lembrar que, Pogonas saudáveis crescem rápido. Em menos de um ano esse tamanho de terrário vai ser terrivelmente apertado para seu animal que não é mais bebê e é agora um Pogonas jovem. Pogonas são naturalmente animais ativos e mesmo um pequeno e solitário animal em um terrário requer espaço amplo para se mover no terrário.


Um bom tamanho de terrário para longo prazo é o padrão de 473 litros, isto é, 183cm x 45.7cm x 40.6cm) o qual irá oferecer amplo espaço para o maior dos Pogonas adulto durante sua vida toda. Veja como esse espaço todo deve ser distribuído uma vez que Pogonas são bem diferentes de outros repteis criados em cativeiro.
Um Pogonas gorducho necessita de bastante espaço horizontal (espaço de chão) no qual possa “passear” dentro do terrário, diferente dos Iguanas por exemplo, que exigem um espaço vertical para atender seus instintos arborícolas. Como o Pogona é um animal de planícies de deserto, espaço para cima não é o mais importante. Assim, o espaço absoluto no chão é mais importante que o volume absoluto.

 

O Terrário - Parte 2: Tipo

Uma segunda questão que sempre surge quando da construção do terrário, é que tipo de material usar para a construção dele. Vidros de aquário são excelente escolhas. Eles são fáceis de limpar, oferecem uma excelente visibilidade tanto para o criador observar o animal quanto para o animal observar o lado de fora. Além do que, podem durar por muitos e muitos anos (a menos que ocorra um acidente e seja preciso trocar o vidro).

Plástico ou acrílico recentemente se tornaram popular entre os criadores de repteis já que são mais leves, fácil manutenção, mantêm a temperatura muito bem e são esteticamente agradável para dentro de casa.
Enquanto esse tipo de material é aceitável para um grande número de cobras ou alguns lagartos, eu não recomendo o uso deles para um Pogona. Acrílico e Plástico racham facilmente e como os Pogonas são normalmente acomodados sobre a areia como substrato, o acrílico ou plástico facilmente começará a ficar fosco, e com uma aparência de que há sempre areia na parede do terrário, reduzindo a visibilidade do habitat do Pogona e transformando um terrário bonito em uma pequena monstruosidade.

Alguns terrários são feitos com portas de vidro de correr, na frente do terrário, o que é bastante aceitável.

Outro inconveniente do terrário de acrílico é que eles não podem permitir a ventilação, tanto quanto o seu Pogona vai exigir.
Terrários de acrílico são conhecidos por manter muito bem a humidade e uma espécie de mofo (perfeito para criação de anfíbios)e que são definitivamente prejudiciais para a saúde e sobrevivência de um Pogona por muito tempo.

 
Alguns criadores que não se preocupam nem um pouco com seu Pogona nem com a estética de um terrário, usam bacias de alumínio (daquelas de servir água para bois, cavalos). Apesar de oferecerem uma grande espaço de chão para o Pogona, são facilmente iluminados e aquecidos prendendo as lâmpadas corretamente, no entanto, não é nem um pouco recomendado a criação de Pogona nesse tipo de terrário de metal opaco por não permitirem que, em nenhuma direção, seu Pogona possa ver o que está acontecendo a sua volta, como se tivesse caído em um grande buraco ou poço furado no chão e lá estivesse preso.
Pogonas são animais inteligentes e visão panorâmica é excelente para o desenvolvimento de certas capacidades do seu lagarto.
Privar seu animal de ter uma visão completa do seu ambiente em sua volta causa deficiência do estímulo visual, problemas de saúde mental, aumenta o nível de stress, mexe com o apetite e eventualmente com o sistema imunológico do seu animal. Essa falta de estímulo é contrariada por alguns criadores afirmando que diariamente tiram seu animal desse tipo de terrário e deixam soltos praticando diariamente o exercício visual.
 

O Terrário - Parte 3: Segurança

Segurança no terrário do Pogona é um assunto importante, e trata também da segurança individual de cada Pogonas no terrário. Se criados em uma bacia como falado anteriormente ou num terrario fundo e aberto em cima, a chance de um animal escapar é mínima uma vez que ele não escala superfícies íngremes e/ou lisas.

Manter a parte de cima aberta é benéfico para controle da umidade e circulação de ar dentro do terrário.
Porém, se o seu terrário tem rochas ou superfície escalável que permita que seu Pogona alcance a saída, é melhor manter o terrário fechado na parte de cima também.


Muitas lojas especializadas na venda de terrários possuem também, tampas que se encaixam perfeitamente sem deixar alguma folga no terrário.
Tampas de metal são as melhores. Tampas de plástico, provavelmente irão quebrar, rachar, derreter ou queimar depois de um pouco de luz intensa e aquecimento que você precisa oferecer ao seu Pogona. Tampas de metal não têm esse problema.
Se uma tampa pesada é suficiente para manter o seu dragão dentro, certifique-se que é o suficiente para manter intrusos do lado de fora.

Quando se têm um gato ou cachorro em casa, você certamente precisa se preocupar em manter longe o seu Pogonas do focinho do seu felino, mantendo o seu terrário trancado.
O mesmo se você tiver criança em casa.

Se uma criança manuseia um Pogona sem supervisão, ambos correm perigo. As crianças podem levar a mão a boca ao manusear o animal ou até mesmo colocar o animal na boca, ou ainda podem machucar seriamente o animal ao manusear.
 

O Terrário - Parte 4: Umidade

Uma vez que você decidiu o tamanho, material e etc, é hora de tratar do assunto: umidade e ventilação. Pogonas são lagartos do deserto e um baixo grau de umidade é vital para a sobrevivência em cativeiro. Evite tampas fechadas de plástico ou vidro pois isso fará com que o ar estagnado dentro do terrário prejudique o sistema respiratório de seu lagarto. Tampas feitas de ferro ou com uma tela de ferro montada em uma moldura, uma borda de plástico ou metal, são as melhores. As tampas de tela de ferro não só vão oferecer oxigênio fresco entrando no terrário como vão oferecer a dissipação da umidade e gases nocivos associados a respiração e defecação do seu Pogona.

A umidade pode também ser controlada se colocada apenas um pequeno recipiente de água pro seu dragão, já usando um recipiente grande com água, irá aumentar a umidade a medida que a água evapora. Se você vive numa região onde o índice de umidade relativa do ar é alto, como regiões litorâneas ou pantanosas provavelmente necessitará de um desumidificador junto ao terrário.



A umidade ideal no habitat do Pogona é entre 35 e 40%, o que é quase idêntico a umidade relativa do ar encontrada pelos Pogonas em seu habitat natural no imenso deserto Australiano.

Sob circunstâncias normais no entanto, não é necessário um equipamento adicional para manter a umidade baixa, o que pode até oscilar entre 45 e 50%, não mais que isso.

Note que no terrário da foto, apesar de a parte de cima conter partes de vidros, boa parte do terrário é aberto, facilitando assim a ventilação.
 

O Terrário - Parte 5: Substrato - Areia

Quando o assunto vem a tona, há um considerável debate entre os criadores sobre qual é o melhor substrato para o seu Pogona.

Na natureza, o Pogona vai passar toda a sua vida sobre a fina areia do deserto Australiano e pequenos cascalhos de pedra (daqueles parecidos com pedra de aquário). No entanto, alguns criadores acreditam que Pogonas em cativeiro vivendo sobre areia correm o risco de sofrer uma ingestão de uma pequena quantidade de areia bloqueando seu sistema digestivo e bloqueando seu intestino causando enormes problemas de saúde e levando seu animal a morte. É uma situação incomum. Criadores com maisde 25 anos nunca viram problemas desse gênero causados por areia.
Cascalhos de pedra (Pebbles e Gravel - foto) sempre são vendidos como substratos perfeitos para o sue Pogona, no entanto alguns Pogonas já precisaram de cirurgia para remover um bloqueio no intestino causado por uma minúscula pedra dessas. Esse não é o único problema... Pequenas pedras podem facilmente causar dano aos dentes do seu Pogona. Minúsculas pedras podem ser ingeridas por exemplo, quando seu animal esta tentando devorar um grilo ou tenébrio sobre o substrato. E por fim, resíduos, fezes, comida e etc, tendem a descer para baixo dos cascalhos de pedras criando um terreno fértil e insalubre perfeito para a proliferação de bactérias.

Se você estiver preocupado com o bloqueio do sistema digestivo que a ingestão de areia ou pedras possa causar mas ainda assim deseja usar areia como substrato, você tem duas opções.
Sua primeira opção é usar areia macia ou não-sílica e salpicar em pequenas quantidades suplemento de cálcio sobre a superfície da areia, mistura com a areia e então salpica suplemento de cálcio sobre a superfície da areia outra vez
 
Esse cálcio em pó vai assegurar que, se seu Pogona ingerir uma pequena quantidade de areia enquanto come seu grilo ou outro alimento, irá ingerir também uma pequena quantidade de cálcio suficiente para estimular o sistema digestivo do seu dragão e ajudando a areia a chegar ao seu destino final.
Uma segunda opção seria comprar areia baseada em cálcio em um Pet Shop especializado. Normalmente existem diversas marcas nos Pet Shops do USA. Essa areia é feita com cálcio, e qualquer quantidade que seu Pogona ingerir será metabolizada pelo organismo sem nenhum efeito negativo para a saúde do seu Pogona. Essa areia é oferecida em diversas cores. O único problema nessa escolha é o preço exorbitante da areia que pode custar muitas vezes mais que a areia comum. Se você optar pela areia, tanto a macia, não-sílica ou a areia de cálcio você precisará de pelo menos 7.6 a 10.2 cm de profundidade de areia no chão do terrário.
Na natureza, o Pogona naturalmente se enterra por varias razoes e algumas vezes seu Pogona vai querer fazer o mesmo para termo regulação ou para dormir. Pogonas nervosos ou estressados, especialmente aqueles que acabaram de chegar no seu novo habitat encontrarão grande conforto se enterrando no substrato. Seja qual for a razão, é um comportamento natural.
Uma camada fina de areia, fará com que seu Pogona sinta-se frustrado caso ele tente se enterrar e não consiga.
 

O Terrário - Parte 6: Substrato - Carpetes

Carpetes e "Cage Liners"
É claro que a areia não é a única opção aceitável como substrato para o terrário do seu Pogona. Muitos criadores relatam o sucesso no uso de tapetes especializado para Répteis. (Não confunda com carpete ou tapete de uso residencial, interno ou externo). Além do carpete, tem algo que é chamado no livro de “Cage Liners” e que eu não consegui explicar bem o que seria, mas procurando na internet, me pareceu ser um tipo de papel absorvente, um pouco mais duro que um papel normal, biodegradável, sem toxinas e próprio para répteis.
O maior benefício desses carpetes são a facilidade de limpeza. Quando o carpete começa a ficar sujo, apenas remova do terrário e lave com um sabão bactericida. Depois é só colocar para secar e usar de novo.
Os carpetes ajudam também ao Pogona absorver o máximo de aquecimento do que qualquer outro substrato que você possa usar.
Para deixar BEM claro, não é para usar carpetes comuns. São Carpetes adquiridos em Pet Shops e próprio para o uso com répteis. Os tarpetes comuns contêm fibras das quais podem se soltar e ser ingeridas ou lambidas pelo animal obstruindo o intestino do animal e levando a morte.
 

O Terrário - Parte 7: Substrato - Casca, Serragem

CASCA, SERRAGEM, CASCALHO DE ÁRVORES

Serragem, Casca, Cascalho de árvore ou folhagem (existem uma variedade imensa disponível em muitas pet shops e lojas de jardinagem) também podem ser usados como substrato, mas você deve lembrar-se que Pogonas são moradores dos desertos e substratos retentores de umidade como cascas, cascalho de madeira, folhagem, casca de arvore e etc., poderão manter o terrário muito úmido para acomodar um Pogona nesse terrário. Tenha muito cuidado ao usar esse tipo de substrato e tenha segurança de que a umidade dentro do terrário fique dentro dos limites aceitáveis.
Se você puder controlar a umidade dentro do terrário, pode até usar esse material como substrato.


Cascalho ou serragem de Pinos, Cedros, Pinheiros NUNCA deverão ser usados como substrato num terrário de Pogona. Estas árvores contém pesados e fortes óleos perfumados, seivas e resinas que podem danificar seriamente o organismo olfatório do seu Pogona (Nariz, Língua), pode também causar danos irreversíveis ao sistema respiratório de seu animal e danos a pele. Não irá comprometer apenas o olfato e paladar do seu Pogona bem como esses óleos e resinas irão causar um grande nível de stress para o Pogona. E o stress pode levar seu animal a se alimentar mal, perder o apetite e comprometer o sistema imunológico.

A opinião pessoal dessa pequena criatura que vos escreve é: NÃO USE! Combina bem com iguanas, cobras e animais de florestas tropicais... Mas com um animal do deserto.. não mesmo!

O Terrário - Parte 8: Substrato a base de papel

Outro tipo de substrato que você pode usar é o jornal reciclado. O Jornal reciclado é produzido com papel reciclado lavado e desfiado. Não é muito comum no Brasil, mas nos Estados Unidos, qualquer Pet shop tem isso. Tratam-se de pedaços de jornal em migalhas e são usado para forrar o chão da casinha de vários animais, não só de repteis.
Esse substrato é fofo, leve e é uma ameaça mínima a vida do animal se um pequeno pedaço for ingerido. O único problema desse material é ele ser propenso a retenção de umidade. Se você vive em uma região onde a umidade relativa do ar é alta, nem pense em usar esse tipo de material como substrato. Um outro problema é que, jornal não cria um habitat como o natural, como seu Pogona gostaria de ter.

Numa região onde a umidade é baixa ou o ambiente é controlado por um desumidificador, Jornal reciclado pode funcionar bem. O Pogona pode querer revirar o jornal na tentativa de se enterrar nele, isso vai fazer com que uma grande bagunça ocorra, e a limpeza, remoção das fezes e resto de comida seja muito mais difícil.

Um grande numero de criadores usam também o jornal inteiro, as folhas de jornal pois é barato, fácil de encontrar, fácil de limpar e trocar, no entanto é esteticamente feio e ainda inibe o seu Pogona a habilidade de se enterrar. Pogonas têm uma fixação natural em se enterrar, por motivos como: dormir a noite, esconder-se de predadores, termo regulação e eles precisam ter como praticar essa habilidade quando em cativeiro. E mais uma vez, eles vão tentar cavar o jornal, podendo até defecar e o jornal cobrir as fezes, criando uma pequena bagunça e talvez um ambiente prolifero para bactérias.

Eu estou traduzindo esse livro, com o intuito de saber o suficiente para cuidar dos meus Pogonas, dos quais pretendo iniciar a criação em Janeiro. A minha escolha ficou pela areia. Estou levando 10kg de areia comprada no USA, areia fofa e calcificada. . Quero prover o ambiente bem próximo de um deserto para o meu Pogona.

Faça a sua escolha!
 

Decoração do Terrário - Parte 1: Troncos e Galhos

Para começar, você irá querer investir num solido, amplo e alto tronco que possa ser escalado. Pogonas absolutamente amam escalar, empoleirar-se e estender-se ao sol num adequado e amplo tronco de madeira. Para Pogonas jovens galhos secos de pé de uva funcionam bem.

Disponível em qualquer Pet Shop que tenham produtos para répteis, também conhecidos como “sandblasted grapevine” são porosos e deformado, isto é, facilitam com que as unhas se prendam para escalar, e são assim ideais para Pogonas jovens tomarem calor do jeito que desejarem subindo no topo desses galhos.


Esse mesmo produto é pequeno para acomodar um Pogona grande ou adulto. Então um tronco mais largo será necessário. Um tronco “driftwood” é excelente.

Driftwood é um tronco de madeira que foi lavado muitas vezes pelo mar ou pelo rio e sofreu ação do vendo, ondas, ou do homem. É fácil encontrar esse tipo de tronco em regiões como essa, mar, rios, e etc.

Eles normalmente são largos e oferecem uma excelente opção para seu Pogonas adulto escalar e aproveitar o calor da lâmpada do seu terrário.
Tanto o “Sandblasted grapevine” e o “Driftwood” podem ser lavados quantas vezes forem necessárias e duram por muito tempo. Além de uma ótima escolha, são esteticamente bonitos para o terrário.
 

Decoração do Terrário - Parte 2: Rochas

Rochas grandes também são uma excelente opção como opção de local para seu Pogona receber calor, tão boa opção quanto o uso dos troncos de madeira.
Essas pedras são facilmente encontradas sem que seja necessário você comprar uma. Você só precisa tomar o cuidado e verificar se o formato é seguro, e se a pedra não apresenta ter fungos ou qualquer outra matéria que possa ser prejudicial à saúda do seu Pogona. Lojas de jardinagem, lojas de decoração (como Leroy Merlin por exemplo) também vendem pedras que podem ser usadas no seu terrário, ou você pode procurar em Pet Shops.

Pedra da Areia não apenas são lisas e retêm calor bem, mas também brilham em tons de laranja avermelhado o que esteticamente satisfazem o propósito de decorar o seu terrário.
É claro que, pedras naturais, grandes e largas, também são pesadas e facilmente podem quebrar o vidro do chão do seu terrário.

Pedras artificiais ou de cerâmica também estão disponíveis à venda. São excelentes opções, aparência natural, levíssimo e atendem ao propósito.
 

Decoração do Terrário - Parte 3: Plantas

Plantas também são uma opção no terrário do Pogona mas é preciso ter cuidado com o tipo de planta que será colocado no terrário. Plantas artificiais provavelmente serão as melhores opções já que não precisam de água, não soltam folhas, não morrem, e facilmente podem ser removidas, lavadas e colocadas de volta no terrário.

Plantas artificiais adicionarão beleza e estética natural ao terrário enquanto ao mesmo tempo requerem menos cuidado, atenção e manutenção.

Plantas vivas, por outro lado, podem apresentar uma gama de dificuldades em terrários internos. Plantas vivas necessitam serem regadas freqüentemente, o que pode prejudicar o substrato. Durante a fotossíntese, as planas emitem água em forma de vapor no ar, sendo assim, qualquer planta viva irá aumentar significativamente a umidade do seu terrário.

Por causa da natureza onívora do Pogona, você poderá também encontrar problema pois o Pogonas pode se interessar pela planta e acabar comendo ela. Enquanto a planta pode parecer saborosa para seu Pogonas, algumas espécies de plantas possuem toxinas ou resinas que podem por em sério risco a vida do Pogona. Mesmo que a planta não seja tóxica ou não contenha nenhum composto prejudicial, ainda assim você terá o problema de seu Pogona comer a decoração do terrário. Isso sem contar que, uma planta dentro de um terrário não deve ter troncos e galhos suficientemente fortes para segurar seu Pogonas pisoteando a planta.

Se ainda assim você decide ter uma planta no seu terrário, existem algumas espécies que podem ser usadas: Junipers pois requerem muito pouca água e emitem muito pouco vapor durante a fotossíntese e pode ser plantada em um vaso terracota e esse vaso colocado em cima da areia.
 

Decoração do Terrário - Parte 4: Esconderijo

ESCONDERIJO E ABRIGO

Outro componente essencial na decoração do terrário do seu Pogona é o “esconderijo”. Também chamado de abrigo.
No mundo selvagem, o Pogona possui um grande número de inimigos naturais, lagartos monitores, aves de rapina, cobras, javalis e outros animais. Todos esses animais adoram encontrar com Pogonas. Como não são lagartos venenosos, e nem podem voar para evadir-se facilmente, a sua primeira defesa é correr e se esconder numa fenda entre rochas, um buraco ou qualquer outro local escuto até que o perigo passe.
Em cativeiro, esse instinto ou necessidade de solidão, escuridão e sentido de segurança, não devem ser ignorados ou subestimados pelos criadores.
Pogonas necessitam que em todas as fases de sua vida ter acesso a um ou mais local dentro do terrário para se esconder.
Como você já deve imaginar, Pogonas bebês e jovens necessitam desses locais mais do que os adultos precisam se esconder. No entanto, os Pogonas mais velhos precisam de um refúgio para se esconder com o intuito de relaxar como se quisesse escapar do mundo por um tempo.
A boa notícia é que, esses esconderijos podem ser feitos por você mesmo: Um vaso de argila quebrado ao meio, pedaços de placa de cortiça, pedaços de madeira ou você pode mesmo comprar um esconderijo para répteis em um Pet Shop.
Desde que você tenha um esconderijo para seu Pogona sumir completamente de vista, ele não vai ligar para de que material é feito esse abrigo. Mas é claro que, se você quer dar ao terrário um ambiente mais próximo do real, em um Pet Shop especializado para répteis você encontrará bons abrigos.

Quando colocar o esconderijo no terrário do seu Pogona lembre de que ele precisa de solidão e segurança. Coloque o esconderijo de modo que o mínimo de luz possa entrar no esconderijo, quanto mais escuro o interior do esconderijo, mais o seu Pogona vai gostar. Posicione a entrada do abrigo longe da visão de movimentos, pessoas circulando e etc., ou seja, preferencialmente para a parte de trás do terrário.
 
Em terrários grandes e que abrigam mais de um Pogona, você irá necessitar é claro de mais deu um abrigo. Pelo menos um por animal. Mesmo num terrário com apenas um animal, é recomendando ter duas ou mais opções de abrigo espalhado pelo terrário de maneira que o seu Pogona possa fazer a sua escolha de onde quer se esconder.
Seria um benefício também, ter um esconderijo na direção acima de um tapete térmico (falaremos mais sobre ele em breve) e outro no lugar mais fresco do terrário.
O esconderijo quente vai dar a solidão que o seu animal procura enquanto oferece aquecimento suficiente para ajudar no metabolismo e digestão, enquanto o não aquecido esconderijo vai dar escuridão, quietude e frescor para o animal.
Dessa maneira, seu animal para fazer a termo regulação não vai precisar escolher entre se esconder ou manter a temperatura do corpo dele como ele deseja.


                          www.trexpets.com.br   Produtos destinados a Herpetofauna.

                          www.zoopets.com.br
 
Informações e cuidados básicos.